Um guia de como mostrar que saúde mental no trabalho importa

Saúde mental corporativa1 comentário em Um guia de como mostrar que saúde mental no trabalho importa

Um guia de como mostrar que saúde mental no trabalho importa


Ambientes de trabalho saudáveis são aqueles que promovem bem-estar e a saúde mental dos colaboradores. Principalmente, são espaços positivos e produtivos, que permitem que cada pessoa possa dar seu máximo no trabalho. Seja para os colaboradores, para os líderes, para a empresa como um todo e até para os clientes, o fato é que saúde mental no trabalho importa.


No entanto, nem todas as pessoas responsáveis pelas tomadas de decisão investem nesse tema. Inclusive é comum que surjam outras prioridades e as iniciativas referentes à saúde mental sejam deixadas para depois.


Apesar disso, criar um espaço de trabalho saudável não é tão difícil quanto parece.


O que pode sim, ser bastante difícil, é educar as pessoas a respeito do fato da saúde mental ser uma prioridade. Por isso, preparamos um guia para te ajudar a mostrar que saúde mental no trabalho importa.


Quais argumentos vão funcionar melhor?


As motivações para tomar atitudes a respeito da saúde mental podem variar bastante de pessoa para pessoa. Algumas pessoas possuem uma relação pessoal com o tema, e acreditam que há um dever moral, ético, e até legal, de que o espaço de trabalho promova bem-estar mental. Outras pessoas vão aceitar melhor os argumentos de ordem financeira, percebendo nesse investimento uma possibilidade de tornar o negócio mais rentável. Ainda existe o argumento de equipe – as melhores pessoas vão naturalmente procurar um local de trabalho saudável.


1. Razões morais e éticas


Se você acredita que o seu ambiente de trabalho já possui uma empatia com esse tipo de assunto, desenvolver uma percepção de que saúde mental é importante será mais fácil. Busque líderes e pessoas influentes na empresa que já estão ligadas ao discurso de saúde e bem-estar e pergunte se é possível desenvolver algum tipo de programa ou evento para promover o assunto.


É importante procurar aliados e pessoas com uma visão parecida com a sua para começar a construir um ambiente mais saudável e preocupado com as questões de saúde mental.


2. Aspectos Financeiros


Um outro aspecto que pode ser abordado é o aspecto financeiro. Isso porque problemas de saúde mental geram custos enormes para indivíduos, empresas, a economia e também a sociedade. Sofrimentos de ordem psíquica são algumas das principais causas que levam ao afastamento por doenças ou incapacidade de trabalhar em grande parte dos países desenvolvidos.


Para exemplificar, é estimado pela OMS que os transtornos mentais geram uma perda econômica de 1 trilhão de dólares anualmente. Só nos Estados Unidos, o CDC estima que mais de 200 milhões de dias de trabalho são perdidos por causa de depressão.


Além disso, estudos apontam que para cada real de investimento no tratamento para depressão e ansiedade no trabalho resulta em 4 reais de retorno por conta da melhor saúde e habilidade de trabalhar. Ou seja, além de ser extremamente benéfico para os colaboradores, o investimento em saúde mental também é bom no aspecto financeiro da empresa.


Se quiser saber mais, acesse nosso post sobre saúde mental no ambiente de trabalho.


3. Melhoria das experiências do cliente e do colaborador


Uma em cada cinco pessoas no local de trabalho lida com algum tipo de condição de saúde mental. Ou seja, é muito provável que dentro de qualquer organização, existam várias pessoas passando por algum tipo de dificuldade.


Isso é um problema, pois são as pessoas que trabalham na empresa que criam e sustentam organizações de sucesso. A equipe é o bem mais importante de uma empresa. 


Portanto, um dos grandes argumentos para investir em saúde mental é atrair e manter os melhores colaboradores dentro da sua empresa. Ao sentir que a organização se preocupa e cuida da sua equipe, os colaboradores se engajam mais, e estarão mais motivados.


Investir em saúde mental de forma consciente, institucional e recorrente tem um impacto direto no bem-estar, motivação e moral da equipe – o que com certeza acarretará em uma produtividade maior e mais saudável dentro da empresa.


Use o seu conhecimento para montar uma apresentação a respeito


Agora que você já tem bastante insumo para educar alguém sobre a importância da saúde mental, pode ser uma boa prática desenvolver um case para criar ainda mais impacto. Tente conectar os argumentos a respeito de uma boa saúde mental à missão, visão e valores da empresa, relacionando boas práticas para gerar bem-estar com as prioridades da organização e seus objetivos, como KPIs. 


Ao tratar o assunto com seriedade e levantar pontos relevantes e estruturados, é mais provável que você consiga causar um impacto nas pessoas ao seu redor para que a saúde mental e o bem-estar psíquico da equipe se tornem cada vez mais uma das prioridades da empresa.


Descubra quem são os influenciador chave ao seu redor.


Como já dissemos, é essencial achar aliados nessa empreitada para introduzir o tema de que saúde mental é importante na sua organização. Para isso, procure mapear quem são os influenciadores que estão ao seu redor. Podem ser líderes formais ou informais, pessoas em cargos-chave, como RH, ou até mesmo simplesmente bons comunicadores em qualquer cargo dentro da organização.


Informar essas pessoas e gerar consciência de que existe um problema a ser resolvido dentro do seu espaço de trabalho é um passo importante para mudar a cultura da empresa de maneira sustentável e eficaz.


O importante é começar


Qualquer atitude em direção a um ambiente de trabalho mais saudável, inclusivo e empático é positiva. De fato, o que realmente importa é começar a gerar mais diálogo nesse sentido, dentro e fora das empresas.


Se você quiser ajudar para implementar saúde mental dentro da sua organização, converse com alguém da nossa equipe! Nós estamos prontos para ajudar a iniciar um diálogo para mostrar como a saúde mental no trabalho importa.

One thought on “Um guia de como mostrar que saúde mental no trabalho importa

Deixe uma resposta

Back To Top
%d blogueiros gostam disto: