Alternativas à meditação para acalmar a mente

Saúde mentalLeave a Comment on Alternativas à meditação para acalmar a mente

Alternativas à meditação para acalmar a mente


Muitos de nós sofremos ansiedade com certa frequência. Aqui no Brasil, ansiedade é um problema especialmente sério. Para combater isso, uma das estratégias mais comentadas é a meditação, geralmente a meditação mindfulness. No entanto, muita gente diz que não gosta ou não consegue ficar parado e concentrado para meditar. Nesses casos, confira 5 outras estratégias alternativas à meditação para acalmar a mente – e que você pode fazer agora.


1. Respire


Essa técnica pode parecer simples demais – e ainda assim, é uma das mais efetivas. A respiração é uma das nossas funções corporais que nós conseguimos controlar. Diferente da pressão, do nosso batimento cardíaco ou do funcionamento do nosso estômago, por exemplo, a respiração, apesar de ser involuntária, pode ser controlada voluntariamente.


Exercer esse controle pode trazer inúmeros benefícios. Ao diminuir a frequência cardíaca e pressão arterial, você acalma todo o seu corpo. A respiração também é muito eficaz na redução de ansiedade e stress, no curto e no longo prazo. 


Portanto, por mais simples que pareça, em situações de ansiedade, simplesmente respirar fundo pode ajudar – e muito – no processo de se acalmar. Além disso, incorporar a respiração no dia-a-dia por apenas 10 minutos pode trazer benefícios a longo prazo e gerar um bom hábito na sua vida, o que faz da respiração uma das melhores alternativas à meditação.

2. Música


A música está presente em muitos momentos das nossas vidas. Por isso mesmo, nós não compreendemos o poder que ela tem de ser um elemento calmante. Existem diversas pesquisas que indicam que a música tem um efeito poderoso na hora de reduzir o stress, além de ter efeitos positivos em outros aspectos.


Portanto, em situações de stress ou ansiedade, muitas vezes a solução pode simplesmente ser ligar uma música relaxante – como as dessa playlist que nós criamos baseado em sugestões de nossos usuários – e se concentrar em relaxar. Se isso for feito junto com um exercício de respiração, melhor ainda!


3. Caminhada


Por conta do trabalho ou afazeres, muitas vezes passamos o dia inteiro sentados e dentro de ambientes fechados. Isso por si só pode gerar uma sensação de aprisionamento, claustrofobia e ansiedade. 


Por isso, uma das alternativas à meditação que vai diminuir o seu stress e te ajudar se conectar é caminhar. Dê um passeio pela sua vizinhança, ou, preferivelmente, em um parque ou local arborizado. Caminhar na esteira pode até ser efetivo, mas o ponto aqui não é simplesmente o exercício: é abstrair um pouco do dia-a-dia e dos ambientes fechados e opressores.


4. Escrever


Muitas vezes, nós ficamos imersos em nossos pensamentos e é difícil ter algum tipo de distanciamento. Dentro das nossas cabeças, o pensamento é desorganizado e não-linear, o que pode fazer com que os problemas pareçam maiores do que eles realmente são. 


Escrever, seja no computador ou no papel, é um excelente jeito de organizar o que quer que esteja te afligindo, e também de colocar essas preocupações para fora. Tente um exercício de escrever por dez minutos sem tirar a caneta do papel. Não se preocupe com gramática, e nem com estilo – o objetivo aqui é escrever, e ninguém vai ler o que você colocar no papel.


5. Relaxamento


Ansiedade e estresse fazem com que a gente tensione os músculos do corpo. Dor nas costas, no pescoço e em outros lugares são comuns quando nós não estamos totalmente bem. 


Um bom jeito de lidar com a ansiedade e ao mesmo tempo abordar as questões físicas que vem junto com ela é fazer um relaxamento. Comece pela ponta dos pés e imagine cada uma das partes do seu corpo relaxando e soltando. Gaste pelo menos 10 segundos em cada região e vá traçando seu caminho – pés, panturrilhas, joelhos, coxa – até chegar no topo da cabeça.


Depois desse exercício simples e rápido, é garantido que você vai estar se sentindo melhor e mais relaxado ou relaxada.


A meta é relaxar


Apesar da meditação ser uma das formas mais comuns – e eficientes – de se acalmar e lidar com ansiedade, ela não é a única. Além dessas dicas que nós passamos nesse artigo, existe um número enorme de atitudes que você pode tomar para diminuir a ansiedade, no longo e no curto prazo. Prática de esportes, convívio social, leitura, tudo isso pode ajudar a acalmar a mente.


O importante é escolher uma ação e se comprometer com ela. Cultivar o hábito de fazer a manutenção da higiene mental e do autocuidado é essencial para a qualidade de vida e uma melhoria no seu dia-a-dia. Por isso, escolha uma das nossas alternativas à meditação e comece a praticar agora!

Deixe uma resposta

Back To Top
%d blogueiros gostam disto: